Dias atrás nós mostramos aqui no DasPlus a primeira metade das mulheres que estarão na passarela do Mulherão Fashion Tour. Que tal vermos as outras oito?

É pra já!

 

vanessa-araujo

 

Vanessa Araújo, 26 anos, especialista em gestão de pessoas e técnica em administração, manequim 50

Sempre fui gordinha e sofri muito com o preconceito, principalmente na escola. Nunca imaginei que conseguiria realizar o meu sonho de ser modelo, mas graças ao crescimento do mercado plus size, tudo mudou em minha vida. Sou especialista em gestão de pessoas, graduada em comunicação (relações públicas) e técnica em administração. Resumindo minha vida: sou mil e uma utilidades. 

 

carolina-bresolini

 

Carolina Bresolini, 21 anos, designer gráfico e modelo plus size, manequim 50

Sempre me diziam o típico “você tem um rosto lindo”. Eu era e sempre fui gorda. Então, era descartado ser modelo. Há dois anos, venho trabalhando com minha imagem. Fiz curso de manequim e passarela na Agência Doze, me profissionalizei e hoje recebo mensagens de meninas que se aceitaram mais porque viram minhas fotos. É aí que a representatividade mora: em se ver nos anúncios de moda e na TV, e em saber que a beleza existe fora dos padrões. Nunca me escondi por ser gorda, e nenhuma mulher nunca mais terá que se esconder por ser diferente.

 

katia-almeida

 

Kátia Almeida, 33 anos, gerente comercial, manequim 48

Mineira de alma e coração, sou gerente comercial, mas tenho maquiagem, moda e música como paixões. O mundo plus size me foi apresentado por Mel Soares (sou fã de carteirinha). Conheci  o trabalho dela num momento da minha vida em que eu buscava um lugar ou uma identidade. Vi que amar a você mesma é a chave que abre as portas para tantas coisas maravilhosas em nossa vida. Já recebi alguns convites para desfilar, fotografar, mas eu não acreditava que era bonita, pois não estava dentro destes malditos padrões. Conheci a Rafa [Coelho, editora do DasPlus] neste ano, e no breve momento em que nos falamos, acreditei em mim. Foi então que recebi seu convite. Em momento nenhum tive dúvidas em aceitar. Esse convite e oportunidade é a comemoração da minha aceitação, e a celebração pela descoberta do meu amor próprio. Há muito tempo, o DasPlus teve uma publicação, chamando as leitoras a enviarem uma foto. Eu não tinha, mas a forma como você colocaram me incentivou a ter minha primeira foto de corpo todo usando um manequim 48. Me achei linda! Vocês não têm noção do que fizeram por mim! 

 

luaria-pamela

 

Luária Pâmela, 22 anos, manequim 54

Foi com imenso prazer que recebi o convite pela Silvia Neves para poder participar deste evento. Será a primeira vez que irei desfilar, e me sinto muito honrada em ter sido escolhida. Nunca imaginei seguir o ramo plus size. Sou muito tímida e sempre acreditei que não tinha potencial. Agora, posso ter experiência de modelar ao lado de pessoas que já participaram de outros desfiles, e que se dedicam a esse ramo. Espero sair-me bem neste primeiro de – quem sabe – muitos eventos.

 

izabella-bello

 

Izabella Bello, 24 anos, pedagoga, manequim 48

Sempre fui gordinha e ao longo de toda a minha vida ouvi aquela frase “você tem um rosto lindo, só falta perder uns quilinhos”. Com o passar do tempo, testei várias dietas malucas e tentei de todas as formas perder peso, mas nunca consegui ser magra. Não é fácil crescer fora dos padrões. Sempre tive a sensação de que por mais que eu aceitasse que nunca seria magra, existia algo em mim que não permitia que eu ficasse em paz comigo mesma, que me aceitasse assim. Até que uma grande amiga, que também enfrentava a mesma situação, me apresentou o mercado plus. Vi modelos extremamente maravilhosas… e gordas, e puder perceber que o que chamava a atenção nelas não era só “o rosto bonito”, e sim o amor próprio e a autoconfiança que elas tinham. Conclui que era isso que me impedia de sentir a paz de amar meu corpo, e assim como aquelas mulheres, eu queria senti-la. Essa mesma amiga me disse que estava havendo um concurso para eleger uma top model plus size, o Minas Top Plus, organizado pelas lindas Rafa Coelho e Silvia Neves [editoras do DasPlus]. Mais do que depressa, fiz minha inscrição, movida não apenas por ganhar a colocação, mas pela vontade de pertencer ao grupo das mulheres que se amam do jeito que são. Algo tinha mudado em mim, e eu queria mostrar isso a quem pudesse ver. Consegui o primeiro lugar, e a partir daí tenho ingressado no mundo da moda plus size, amando cada vez mais o que faço, e, é claro, me amando cada vez mais!

 

makelen-corlaite

 

Makelen Corlaite, 29 anos, profissional autônoma, manequim 48/50

Quero agradecer por estar oportunidade. Me sinto lisonjeada por estar perto de pessoas maravilhosas assim como vocês. Prometo dar o meu melhor. 

 

vivian-louise

 

Vivian Louise, 27 anos, maquiadora e modelo, manequim 46

Em meus 27 anos, eu não me lembro quando eu não estive de dieta. Não sei dizer quando foi que eu comi uma batatinha sequer sem pensar nela depois. Já fiz dieta de revista, já fui em vários nutricionistas, médicos… Já perdi 8 quilos com dieta e Sibutramina (receitada por médico) e engordei, já perdi 20 quilos com acompanhamento e já os engordei de novo. E sempre sofrendo para perder e sofrendo ainda mais por ganhar. Até que um dia eu resolvi dar um basta nisso. Pensei que se eu não me aceitasse qualquer que fosse a minha condição, eu jamais me amaria de verdade. Um dia todos vamos ficar velhinhos e pelancudos. Não quero, aos 80 anos, pensar se deveria ter morrido jovem. A hora de me aceitar era agora! Foi então que eu comecei a conhecer esse novo mundo, acompanhar meninas mais cheinhas no Instagram, e começar a achar todas elas lindas de verdade. Que sim, é possível ser gordinha e ser sexy, confiante, linda e estilosa. Resolvi também que ia tirar da minha cabeça que “gorda” é uma ofensa e passei a pensar nela como uma palavra sem força, um adjetivo comum. Assim, tenho vivido bem nos últimos meses com meu corpo. Sem crises de choro na hora de me vestir ou de ver uma foto e me sentindo mais confortável na sociedade. Tenho deixado de preocupar com a opinião alheia e pensado no que é melhor para mim.

 

andreia-helena

 

Andréia Helena, 22 anos, vendedora, manequim 46

Sou uma mineira super sorridente, carinhosa, alegre e religiosa. Amo passar o tempo com minha família, namorado e amigos. Sou adepta de boas risadas, porque o melhor da vida é ser feliz. A beleza não tem tamanho, altura, nem cor. A beleza vai além disso. Já participei de um concurso plus size aqui em Minas Gerais. Não fiquei em nenhuma colocação, mas ganhar nem sempre é tudo na vida. O que vale é o esforço e a sensação de dever cumprido, e as amizades que a gente leva para a vida toda.

 

Você vê todas elas no Mulherão Fashion Tour, neste sábado, em BH! Vai ter desfile, vai ter loja, vai ter palestra. Tudo e muito mais. Nos vemos lá!

 

Serviço:

MULHERÃO FASHION TOUR

Sábado, 12/11/16, das 11 às 20 hs

Hotel Sol Belo Horizonte

Rua da Bahia, 1040, Centro – Belo Horizonte – MG

Entrada franca

Acompanhe a programação do MULHERÃO FASHION TOUR nas mídias sociais:

Facebook – @mulheraofashiontour

Insta – @mulheraofashiontour

 

Curta a fanpage do DasPlus no facebook clicando AQUI, e fique por dentro de todos os nossos conteúdos em primeira mão.