Impotencia-Sexual-Masculina1

Embora associada para alguns com o envelhecimento natural e estresse da vida contemporânea, para outros relaciona-se com a postura de otimismo de cada indivíduo perante a vida.

A disfunção erétil (DE), popularmente conhecida como impotência sexual, é definida pela Sociedade Brasileira de Urologia como a dificuldade persistente de obter e/ou manter uma ereção suficiente para permitir uma atividade sexual adequada, ou seja, que possibilite a penetração vaginal. Eventual “falha na hora H” não significa disfunção erétil, mas sim quando o problema é recorrente.

Entre as causa físicas principais estão diabetes, colesterol elevado, álcool, cigarro e drogas. Já as causas psíquicas, consideradas as mais relevantes, temos a falta de atração pela parceira e sentimentos de culpa, ansiedade, estresse, entre outros.

A terapia sexual de casal enfoca o aspecto emocional – o relacionamento íntimo – se ele funciona mal e compromete a relação, ou se funciona mal porque a relação já está comprometida. Trabalha-se, ainda, o importante papel da parceira no auxílio ao homem com disfunção erétil através de sua presença e apoio.

Em que pese a disfunção erétil degradar a qualidade de vida do casal, é comum que problemas cotidianos retardem a busca de ajuda, que só ocorre quando a relação está em jogo, por isso fiquem atentos e não deixem a peteca cair!

 

Tem alguma dúvida sobre o assunto? Escreva pra gente! 

contato@dasplus.com.br