Afrodite-Editorial-de-Moda-Plus-Size-8

Crédito: Adriana Libini

No jogo da sedução, o objetivo é explorar corretamente a própria beleza natural com a finalidade de atrair o desejado parceiro. Essa postura, comum para alguns, necessita ser constantemente exercitada, aliando-se à correta expressão corporal – o jeito de falar, o tom da voz, e claro, os cuidados básicos com o corpo.

Entender a sensualidade apenas como uma linguagem corporal não verbal que busca a satisfação no sexo, nos mesmos moldes de quando satisfazemos as nossas necessidades vitais básicas, é um equívoco, pois ignora a natureza poética, a beleza sublime que envolve esse comportamento humano que promove o encontro.

O erótico é fonte de inspiração e parceiro da sensualidade. Deve ser experimentado com cuidado, observando-se os traços singulares culturais, sendo fácil ultrapassar os limites da expressão sensual nobre para a expressão vulgar, em especial utilizando-se inadequadamente as ferramentas à nossa disposição: a atitude, o corpo, as roupas e os acessórios.

Por isso, se descobrir e conhecer os limites como pessoa e do próprio corpo é o passo primordial. Em um plano maior, despertar para apreciar a beleza da existência e captar a alegria própria da idade. Nesse caso, o conhecimento dos aspectos que nos distinguem molda mais verdadeiramente a sensualidade, promovendo uma maior satisfação.

Algumas pessoas, mais observadoras, possuem maior facilidade em pinçar o que atrai e dá prazer, priorizando e fugindo de equívocos comuns. Nesse estágio, a qualidade do “ser sensual” flui sem barreiras, naturalmente. Por outro lado, ausente a auto-reflexão, valoriza-se a loteria dos modismos, perdendo-se a essência e penalizando a beleza, que não sobressai em todo o seu potencial.

No ciclo virtuoso, ser mais exigente nas escolhas envia um sinal de autoestima, carro-chefe para a maioria de nossas conquistas na vida, e amor próprio aos que nos rodeiam, pois  percebem as mudanças e são afetados conforme a nossa atitude. Com a confiança em alta, é mais fácil ousar no estilo de roupa, no corte de cabelo, na maquiagem correta, no perfume que nos toca, etc.

Para além do aspecto psicológico, as dicas são diversas, aquele belo batom vermelho, associado à paixão, ressalta os lábios, um dos elementos mais sensuais do rosto, os olhos não devem prescindir de um bom delineador para sua valorização, uma maquiagem bem leve para não desvalorizar cada parte do rosto em evidência. Mãos e unhas bem tratadas também contam muito!

Com persistência, a sensualidade natural deixa de ser um esforço e vira um hábito, a consciência interior, aperfeiçoada, flui naturalmente e os pontos fortes da beleza, mais facilmente explorados, influenciam positivamente a libido de seu parceiro.

Em certo ponto, o cuidado com a essência se irradia para além do previsto e não se esqueça, você é a sua melhor escolha!

Créditos: Fotografia – Adriana Líbini  |  Estilo – Carol Santos  |  Make & Hair – Tati Souza  |  Retouch – Vânia Castro e Adriana Líbini | Vestido – Allure Moda Festa | Lingerie – Aime Plus Size