O DasPlus surgiu em 2012 com uma palavra-chave a nortear a jornada que tomou para si desde sempre: ressignificação. Da beleza, da moda, dos valores, dos costumes.

Durante muito tempo como blog, atuou como um painel de assuntos relacionados à moda plus size, mas sempre procurou ir além disso. Abriu espaço para questões gerais e específicas sobre saúde, beleza e comportamento, muitas delas também atinentes ao público masculino, e a leitoras e leitores que nem sempre se veem representados na mídia em geral, em boa medida ainda pautada pela ditadura de mentes e corpos perfeitos.

Se lá atrás a proposta parecia ousada e até mesmo um tanto quanto pretensiosa, as vivências e, mais do que isso, a convivência com um público crescente e ávido por conteúdos nessa linha provou-nos dia a dia que íamos por um bom caminho, e que aquele blog cresceria. Assim, não foi surpresa para nós, que fazemos diariamente esse trabalho, a migração para uma plataforma muito mais ampla e abrangente: um site de temática plus size (e muito mais), com janela cativa no maior portal de Minas Gerais.

Existimos para propor uma moda e um estilo de vida mais democráticos, livres de preconceitos (e pré-conceitos) e da patrulha do “certo ou errado”, que oprime igualmente quem está acima ou abaixo do peso ou de medidas padrão. É o que nos move. É o que nos motiva. É o que queremos fazer. É o que sempre determinará a nossa linha editorial.

Contamos com você para propor assuntos, sugerir abordagens, criticar e fazer conosco esta grande plataforma de informação e debate. O espaço é verdadeiramente seu, e fazemos absoluta questão de seu permanente contato.

Quem2

12248643_1038481232839312_1880560816_n
Modelo, cantora lírica, dançarina de flamenco, brincalhona e tímida. Nascida em Pirapora, belo-horizontina por adoção e atleticana por paixão. Com 40 anos, fui Miss Brasil Plus Size Sênior, e ainda quero realizar muito mais sonhos. Pedagoga por formação, estudante de música, cantora de um dos melhores coros de BH, ariana teimosa e apaixonada pela vida. Casada há mais de 15 anos e péssima dona de casa. Não me prendo a modismos e não tenho um estilo único. Sou várias mulheres em uma, sou menina, sou moleca e sou um verdadeiro mulherão. Autoestima é meu sobrenome.


 

12244059_1038481252839310_1886770250_n

Rafaela é o nome da certidão. Quando ouço, acho que estão me xingando. Sou Rafa desde sempre, e no meio profissional, Rafa Coelho. Sou belo-horizontina, mas assim como Drummond, carrego Itabira no coração. Tenho “80 por cento de ferro na alma”. Sou uma mulher “biônica” nas pernas, e agradecida à Medicina, à ciência e à fé no sagrado, que mantiveram minha vida, e a dos meus pequenos Augusto e Laura. Sou a mamãe humana dos felinos Otto, Rinno e Larin. Casada com um “Beatle” e colega de profissão, meu amado Heitor. Devorava livros na infância (e ainda prefiro as páginas de papel à tela do computador). Sempre gostei de fotografia, quadros, de contar e de ouvir estórias, descobrir culturas diferentes. Tudo isso me levou para as Letras, mas a necessidade de trabalhar me levou à moda. E me apaixonei! Não parei por aí. O trabalho me levou à Administração em Recursos Humanos, e a paixão me fez ainda cursar Rádio e TV. Essa “salada” se encaixou direitinho na especialização de Gestão de Marcas e Identidade Corporativa (Branding para os íntimos… risos). Modelo quando o joelho permite, locutora e mestre de cerimônias quando dá no meu dia de 60 horas. Gerente e consultora de marcas e de estilo… e escritora… SEMPRE!


 

12242169_1038481222839313_65079096_n

Técnico em informática não praticante por parte de um tortuoso segundo grau, descobri um pouco tarde que não era isso que eu queria da minha vida (já estava na metade do curso, e não valia a pena largá-lo). Bem, não tão tarde que não desse tempo de uma correção de rumos. Então, aos fatos! Da minha vida, não. Do jornalismo, minha profissão por diploma, ofício que me honra, e que tanto amo. Tenho a sorte de nele ter me realizado, hoje como repórter de TV e editor deste site. Aqui, outra sorte: uma equipe valiosa, a começar pela minha esposa e companheira de toda hora Rafa Coelho. Libriano mais inquieto do que equilibrado, inicio minha segunda graduação. Em Enfermagem (!). Doutor, tem cura? Se tiver, quero trabalhar nela. Pois a Medicina ainda é objetivo. Na sequência. É um instante só.

Fotos: Cassiano Grandi